Portal ENSP - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca Portal FIOCRUZ - Fundação Oswaldo Cruz
Início / Estrategias E Taticas / Táticas online

Táticas online

Os arquivos de documentos outrora secretos sobre o tabaco revelam que as empresas fumageiras vêm experimentando a internet como uma arma para o seu marketing há muitos anos.1. Como estas empresas enfrentam restrições à publicidade e ao marketing, existem evidências de que elas têm empregado, cada vez mais, a mídia online para passar suas mensagens.

Consulte a seção de Mídia Social (em inglês).

O ''boom'' da publicidade na internet

As indústrias conseguem se esquivar das restrições impostas a publicidade e ao marketing na mídia televisiva e em suas próprias embalagens. Atualmente, temos um novo campo de atuação das empresas fumageiras: a internet. Podemos citar inúmeros sites, perfis em redes sociais, como por exemplo, no Facebook entre outros recursos online, que servem para divulgação não só das empresas como de seus produtos e demais organizações que apoiam essa tipologia de indústria, que apresenta apenas malefícios para a saúde pública. Abaixo, segue alguns exemplos encontrados na internet:

* Philip Morris Brasil - Santa Cruz - RS: Página no Facebook que divulga a indústria de tabacos Philip Morris, diálogos sobre venda de produtos fumageiros, eventos e itens diversos com a marca Philip Morris, por exemplo, canecas entre outros2.

* Rothmans International: Ex fabricante de cigarros, fundada por Luis Rothman, em 1890, foi adquirida pela British American Tobacco em 1999. Todavia, ainda é possível encontrar divulgação da extinta Rothman em mídias sociais3.

* Tabaco e Cia: Loja com ampla divulgação de produtos fumageiros na rede social Facebook. Apresenta Cachimbos, Narguiles e diversos tipos de fumo4.

* Fumante sim, e dai?: Página no Facebook, de cunho libertário,  que apresenta inúmeras imagens de artistas famosos fumando ou de momentos em que o fumo é uma sugestão interessante: fumar enquanto degusta um vinho, quando acorda, antes de dormir, comentários pró tabaco entre outras postagens de incitação ao fumo 5.

* Fumicultura: página no Facebook que apresenta notícias, vídeos e fotos sobre a cultura do tabaco6.

* Produtores de fumo: página no Facebook, criada em 13 de setembro de 2013, com fotos, notícias de jornais, vídeos, postagens de produtores de fumo e divulgação de competições, por exemplo, a maior folha de fumo da safra7.

* Souza Cruz: página no Facebook da indústria de tabacos Souza Cruz, contendo pouca informação sobre a empresa, apesar da mesma possuir cerca de 2600 "curtidas" de outros perfis. Além disso, a página virtual foi construída na categoria remédios 8.

* Tabaco RS, SC, PR: página no Facebook dedicada a produtores e vendedores em geral. Apresenta fotos da produção de fumo e postagens de venda de aparelhos necessários para a produção9.

* Bridge Stehli: página eletrônica do artista, que desenha animais e nome de bandas de ''heavy metal'' nas caixas de cigarro. O título da coleção de caixas de cigarro desenhadas se chama ''smokémon'', fazendo alusão a palavra ''smoke'' (fumaça) e ''émon'', sufixo presente no título do desenho animado japonês ''Pokémon''10.

* 2Smok: Página no Facebook da empresa de produtos fumageiros 2Smok, localizada em Portugal. Fundada em 1 de maio de 2011, tem por especialidade a venda de cigarros eletrônicos e diversos acessórios para o tipo de fumo em questão11.

Os ''trollers''

As pesquisas sobre o fenômeno dos ''trolls'', sua ocorrência e influência, ainda estão em seus primórdios. Em novembro de 2011, o jornal britânico ''The Guardian'' e uma campanha no twitter #mencallmethings trataram da quantidade e da perversidade de mensagens eletrônicas odiosas (hate mail) que mulheres recebiam. 12. Muitas outras mídias replicaram esta iniciativa. A revista ''Time'', por exemplo, indagou: "O que faz com que a internet torne este tipo de comentários raivosos tão prevalentes?"13.

A este respeito, ver também:

* Tática RSC
* Táticas midiáticas
* Táticas publicitárias e marketing
* Táticas educativas

31/07/2021

marketing elegante da indústria do tabaco está atraindo os jovens para os cigarros eletrônicos, estes por sua vez podem levar ao vício do tabaco, apesar das alegações de alguns executivos que dizem pretender resolver a epidemia de tabagismo, disse a Organização Mundial da Saúde (OMS)

Referência

JOVENS estão sendo atraídos para o vício do tabaco com cigarros eletrônicos, diz OMS. Money Times, São Paulo, 31 jul 2021. Disponível em: https://www.moneytimes.com.br/jovens-estao-sendo-atraidos-para-o-vicio-d.... Acesso em: 19 jun 2024.

Fonte: https://www.moneytimes.com.br/jovens-estao-sendo-atraidos-para-o-vicio-do-tabaco-com-cigarros-eletronicos-diz-oms/

 

01/04/2021

Nos últimos tempos, a tecnologia abraçou até mesmo o hábito de fumar, fornecendo os famosos vapes, o que levou a uma queda na busca pelo cigarro comum. Tendo em mente essas mudanças e outras projeções, analistas da Jefferies (um banco de investimentos independente multinacional americano, voltado também a serviços financeiros) apontaram que o tabagismo pode estar extinto em 10 a 20 anos.

Fonte: https://canaltech.com.br/saude/tabagismo-pode-deixar-de-existir-em-20-anos-segundo-especialistas-181812/

 

21/03/2021

Marcílio Drescher, tesoureiro da Afubra foi convidado para participar do webinar Agricultura familiar. 

Referência

CARAMEZ, João Cleber. Diversificação na agricultura familiar dominou a pauta no último dia. Gaz, Rio Grande do Sul, 21 mar. 2021. Disponível em: https://www.gaz.com.br/diversificacao-na-agricultura-familiar-dominou-a-.... Acesso em: 14 ago. 2023.

 

11/09/2020

Há 20 anos, a então diretora geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Gro Brundtland, disse que “o tabagismo é uma doença transmissível a partir da mídia, da indústria do entretenimento e mais diretamente pelas ações de marketing da indústria do tabaco”. As associações do marketing com sucesso, prazer, liberdade, virilidade, entre outras, continuam a incentivar a iniciação de jovens e adolescentes ao consumo desses produtos, geradores dependência química e transtorno mental.

Referência

MARKETING da pandemia do tabagismo. O Tempo, Minas Gerais, 11 set 2020. Disponível em: https://www.otempo.com.br/opiniao/artigos/marketing-da-pandemia-do-tabag.... Acesso em: 12 jun 2024.

Fonte: https://www.otempo.com.br/opiniao/artigos/marketing-da-pandemia-do-tabagismo-1.2383419#

 

09/09/2020

Souza Cruz lidera o ranking nacional no quesito Responsabilidade Social e Governo Corporativo no Monitor Empresarial de Reputação Corporativa

Fonte: https://www.merco.info/br/ranking-merco-responsabilidad-gobierno-corporativo?edicion=2019&ranking=sectorial

 

31/08/2020

Loja de cigarros eletrônicos em Santarém

Referência
Fonte: instagram

 

15/07/2020

CORONAVÍRUS: PANDEMIA LEVA NÚMERO RECORDE DE FUMANTES A LARGAR O CIGARRO NO REINO UNIDO Um estudo sugere que houve aumento de 30% em casos de pessoas que abandonaram o fumo; 41% citaram Covid-19 como motivo

Referência

 

09/06/2020

A marca de cigarros eletrônicos Puff Bar é apenas a ponta do iceberg no que diz respeito às formas repreensíveis com que a indústria do tabaco espera lucrar com a pandemia Covid-19.

Se você pensava que a indústria do tabaco não poderia afundar mais depois de décadas viciando crianças e adultos em seus produtos letais, pense novamente. Conforme vários veículos de notícias e organizações, incluindo a Campaign for Tobacco-Free Kids, relataram, as empresas de tabaco foram flagradas distribuindo máscaras faciais e desinfetantes para as mãos, promovendo descontos Covid-19 e implementando esforços filantrópicos em resposta à crise

 

Referência

 

15/05/2020

An analysis of social media and influencer posts found evidence of tobacco companies using #StayAtHome hashtags, creative and giveaways – including branded masks – to market e-cigarettes, vapes and heated tobacco products.

Uma análise de "posts" nas mídias sociais e influenciadores encontrou-se evidências que empresas de tabaco usam hashtags criativas como #StayAtHome# e fazem doações como máscaras com a marca de cigarros eletrônicos, vapes e produtos de tabaco aquecido.

Referência

HICKMAN, Arvind. "Big Tobacco" using Covid-19 messaging and influencers to market products. PRWeek, Reino Unido, 15 maio 2020. Disponível em: https://www.prweek.com/article/1683314/big-tobacco-using-covid-19-messaging-influencers-market-products Acesso em: 17 jul. 2020.

 

08/05/2020

 

philipmorrisbrasil

Verified

Em nossa parceria com a @prefsp entregamos 197 toneladas de alimentos. A prefeitura forneceu os alimentos e nós usamos nossa frota de veículos para distribuir 16.000 cestas básicas para famílias necessitadas do município. #Juntossomosmaisfortes e podemos contribuir para minimizar os impactos da pandemia em São Paulo.

Fonte: https://www.instagram.com/p/B_7jPrElY6Y/?igshid=1rlwjzdvidpi6

 

Páginas