Portal ENSP - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca Portal FIOCRUZ - Fundação Oswaldo Cruz
Início / Palavras Chave / eletronic cigarettes devices

eletronic cigarettes devices

04/10/2019

Com a crescente crise de saúde pública associada ao vaping, a Philip Morris International optou por uma estreia silenciosa de seu cigarro alternativo nos Estados Unidos. Uma loja minimalista com fachada de vidro no shopping Lenox Square, na afluente área de Buckhead, em Atlanta, Geórgia, passou a vender o dispositivo da empresa, que aquece o tabaco sem que seja queimado.

Referência

PHILIP Morris, dona do Marlboro, faz estreia com dispositivo de tabaco aquecido os EUA. InfoMoney, São Paulo, 4 out. 2019. Disponível em: https://www.infomoney.com.br/consumo/philip-morris-dona-do-marlboro-faz-.... Acesso em: 7 abr. 2021.

Fonte: https://www.infomoney.com.br/consumo/philip-morris-dona-do-marlboro-faz-estreia-discreta-de-cigarro-eletronico-nos-eua/

 

04/10/2019

Com a crescente crise de saúde pública associada ao vaping, a Philip Morris International optou por uma estreia silenciosa de seu cigarro alternativo nos Estados Unidos.

Uma loja minimalista com fachada de vidro no shopping Lenox Square, na afluente área de Buckhead, em Atlanta, Geórgia, passou a vender o dispositivo da empresa, que aquece o tabaco sem que seja queimado.

A loja apenas exibe o logo “IQOS”, dando pouca indicação de que está vendendo produtos de tabaco.

Fonte: https://www.infomoney.com.br/consumo/philip-morris-dona-do-marlboro-faz-estreia-discreta-de-cigarro-eletronico-nos-eua/

 

12/09/2019

A fabricante de cigarros British American Tobacco (BAT) anunciou hoje a supressão de 2.300 postos de trabalho no mundo, parte da estratégia de adaptação à mudança dos hábitos de consumo e ao crescimento dos cigarros eletrônicos.

Referência

 BRITISH American Tobacco anuncia 2.300 demissões. Estado de Minas, São Paulo, 12 set. 2019. Disponível em: https://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2019/09/12/interna_internacional,1084551/british-american-tobacco-anuncia-2-300-demissoes.shtml. Acesso em :29 mar. 2021.

 

11/09/2019

O executivo escocês Grant O’Connell, chefe do departamento de pesquisas da gigante holandesa Fontem Ventures, subsidiária do grupo Imperial Brands, maior fabricante de cigarros eletrônicos no mundo, esteve no Brasil para tentar convencer as autoridades de que, para o bem da saúde pública, seus dispositivos precisam ser liberados para importação, produção e venda no mercado nacional.

Referência

FABRICANTES de cigarros eletrônicos preparam estreia no país. Estado de Minas, Minas gerais, 11 set. 2019. Disponível em: https://www.em.com.br/app/noticia/economia/2019/09/11/internas_economia,1084173/ fabricantes -de-cigarros-eletronicos-preparam-estreia-no-pais.shtml . Acesso em: 13 abr. 2020.

 

05/09/2019

A misteriosa doença ligada ao cigarro eletrônico que está 'se tornando uma epidemia' e intriga médicos. Segundo os médicos, pacientes, em geral saudáveis e no fim da adolescência, por volta dos 20 anos, estão aparecendo com falta de ar severa, geralmente após sofrerem vários dias com vômitos, febre e fadiga. Alguns acabaram na unidade de terapia intensiva ou no aparelho de respiração mecânica por semanas.

Referência

KAPLAN, Sheila; RICHTEL, Matt. A misteriosa doença ligada ao cigarro eletrônico que está 'se tornando uma epidemia' e intriga médicos. O Globo, São Paulo, 5 set. 2019. Disponível em: https://oglobo.globo.com/sociedade/a-misteriosa-doenca-ligada-ao-cigarro-eletronico-que-esta-se-tornando-uma-epidemia-intriga-medicos-23929041?utm_source=WhatsApp&utm_medium=Social&utm_campaign=compartilhar Acesso em: 19 jun. 2020.

 

04/09/2019

O cardiologista Stanton Glantz afirmou que o governo brasileiro é um exemplo pelas políticas públicas que conduziu para desestimular o consumo de cigarros. Também alertou sobre as pressões atuais para a autorização da venda de cigarros eletrônicos. Neste momento, o assunto está em discussão na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Referência

CONTAIFER, Juliana. “Brasil é exemplo no combate ao fumo”, diz especialista internacional. Metrópoles, Brasília, 4 set. 2019.Disponível em: https://www.metropoles.com/saude/brasil-e-exemplo-no-combate-ao-fumo-diz.... Acesso em: 29 mar. 2021.

 

29/08/2019

A redução do percentual de brasileiros dependentes de tabaco caiu 40% em pouco mais de uma década, segundo o Ministério da Saúde. Mas esse avanço pode estar ameaçado com a entrada dos cigarros eletrônicos e vaporizadores no mercado nacional, avaliam especialistas.

Referência

MELLIS, Fernando. Cigarro eletrônico ameaça política de combate ao fumo no Brasil. R7, São Paulo, 29 ago. 2019. Disponível em: https://noticias.r7.com/saude/cigarro-eletronico-ameaca-politica-de-comb.... Acesso em: 19 mar. 2021.

 

12/08/2019

Fruto de uma parceria entre a Faculdade São Leopoldo Mandic e a o IPADS – Instituto de Pesquisa e Apoio ao Desenvolvimento Social -, foi realizado em Maio de 2019 o I Seminário Internacional de Políticas de Redução de Danos (RD). O resultado foi um vibrante encontro entre profissionais nacionais e internacionais e uma plateia ativa que discutiu a importância da abordagem da RD como estratégia de atendimento a dependentes químicos. Foi levantada também a importância de se incluir novas perspectivas ao cenário já estabelecido como, por exemplo, a inclusão desta estratégia às políticas públicas relacionadas ao tabagismo. Três temas estruturais foram abordados: Evidências clínicas na prática de RD; Marcos regulatórios para RD e tabaco e experiências internacionais sobre RD e tabaco.

Referência

SEMINÁRIO Internacional de Políticas de Redução de Danos. Direta, São Paulo, 20 jun. 2021. Disponível em: https://www.direta.org/seminario-internacional-de-politicas-de-reducao-d.... Acesso em: 29 ago. 2022.

 

25/07/2019

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realizou uma audiência pública para discutir a possível inserção de novos produtos de tabaco no mercado brasileiro, como os cigarros eletrônicos e dispositivos de tabaco aquecido. Esses produtos, considerados estratégicos para o futuro do setor, têm a venda proibida no Brasil.

Referência

 

23/06/2019

Após virar moda entre adolescentes e dor de cabeça para a agência reguladora dos EUA, o cigarro eletrônico Juul chega ao Brasil com estratégias que parecem copiar as que fazem sucesso lá fora: publicações em redes sociais, diculgação via influenciadores digitais e estandes em festivais e baladas.

Referência

CIGARRO da moda nos EUA, Juul é vendido ilegalmente via delivery no Brasil. Folha de São Paulo, São Paulo, 23 jun 2019. Disponível em: https://drive.google.com/file/d/1tMwUG3jcHoT-95LFTxzmRCTm2WceYX7-/view. Acesso em: 10 jun 2024.

Fonte: https://drive.google.com/file/d/1tMwUG3jcHoT-95LFTxzmRCTm2WceYX7-/view

 

Páginas