Portal ENSP - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca Portal FIOCRUZ - Fundação Oswaldo Cruz
Início / Palavras Chave / pesquisa

pesquisa

29/05/2022

A prefeita de Santa Cruz do Sul, Helena Hermany, conheceu as instalações do Centro de Desenvolvimento Agronômico e Treinamento em Extensão Rural (Adet), ja JTI.

Fonte: https://www.gaz.com.br/helena-hermany-visita-centro-de-pesquisas-da-jti/#.YpSJwO9iPeQ.whatsapp

 

01/10/2020

Chega à última etapa neste fim de semana a pesquisa que aplica testes rápidos em moradores da região. O Estudo de Soroprevalência de Sars-CoV-2 na Região do Vale do Rio Pardo (Covid-VRP) foi encomendado pelo Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo (Cisvale), em parceria com a Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc).

Fonte: http://www.gaz.com.br/conteudos/regional/2020/10/01/171317-Ultima_etapa_de_pesquisa_com_testes_rapidos_na_regiao_inicia_nesta_sexta_feira.html.php

 

08/09/2020

Segundo pesquisador do Instituto Nacional de Câncer (INCA) André Szklo durante apresentação de estudo que mede os impactos da interferência da indústria tabagista nas políticas públicas de combate ao fumo. A conta mostra que um brasileiro fumante morre a cada R$ 32,3 mil gastos em estratégias para bloquear, burlar ou atrapalhar medidas para a redução ao tabagismo

Referência

PARA cada R$ 32 mil usados em ações pró-cigarro, um fumante morre no Brasil. UOL, São Paulo, 8 set 2020. Disponível em: https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2020/09/08/para-cada-r-3.... Acesso em: 14 jun 2024.

Fonte: https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2020/09/08/para-cada-r-32-mil-usados-em-acoes-pro-cigarro-um-fumante-morre-no-brasil.htm

 

28/08/2020

Com apoio da Associação dos Municípios do Vale do Rio Pardo (Amvarp) e da Philip Morris Brasil (que contribuiu com recursos), realizada pelo Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo (Cisvale) e a Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) que analisa o nível de prevalência da covid-19 no Vale do Rio Pardo terá quatro etapas e busca apresentar um estudo transversal com uma amostra representativa da população da região. 

 

Fonte: https://gauchazh.clicrbs.com.br/saude/noticia/2020/08/pesquisa-para-detectar-prevalencia-do-coronavirus-no-vale-do-rio-pardo-entra-na-terceira-fase-ckeeeg8j60004014y3jxh0q2o.html

 

01/05/2020

Entre os inúmeros estudos em curso tentando mapear a penetração do coronavírus em diferentes estratos da população, um em específico tem chamado a atenção — pesquisadores franceses mapearam que um percentual pequeno dos doentes são fumantes. Um quarto dos adultos franceses fumam, mas apenas 8,5% de 11.000 pacientes internados em hospitais parisienses são fumantes.

Fonte: https://exame.com/ciencia/os-fumantes-parecem-estar-mais-protegidos-contra-o-coronavirus-por-que/