Portal ENSP - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca Portal FIOCRUZ - Fundação Oswaldo Cruz
Início / Palavras Chave / Stifa

Stifa

08/02/2024

Em tempos que tanto se fala em democracia, em liberdade de imprensa, a COP 10 no Panamá faz justamente o contrário; realiza um evento unilateral, onde quem está envolvido na temática, é deixado de fora da discussão.

Referência

KLAFKE, Sérgio. A antidemocracia da COP 10. Folha do Mate, Rio Grande do Sul, 8 fev. 2024. Disponível em: https://folhadomate.com/opiniao/colunistas/sergioklafke/a-anti-democraci.... Acesso em: 19 fev. 2023.

 

05/02/2024

Conforme o Presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Fumo e Alimentação de Santa Cruz do Sul e Região (NOVO STIFA), Gualter Baptista Júnior, na última COP presencial, ocorrida em 2018, em Genebra, na Suíça, a representação dos trabalhadores teve acesso ao plenário. “Eu estive dentro do plenário, acompanhando e me manifestando por escrito. Tivemos este privilégio, diferentemente dos políticos e da própria imprensa. O governo brasileiro traz, como signatário da Convenção-Quadro, um posicionamento de cada vez mais cercear a produção do tabaco. Nós, mesmo com credenciais negadas, não podemos sair da defesa deste setor. Se não estivéssemos aqui, muito mais restrições poderiam ser aprovadas”, justifica o dirigente que é também presidente da Federação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias do Fumo e Afins (Fentifumo).

Referência

“O BRASIL perde ao participar da Convenção-Quadro”, aponta Presidente do NOVO STIFA. Olá jornal, Rio Grande do Sul, 5 fev. 2024. Disponível em: https://olajornal.com.br/o-brasil-perde-ao-participar-da-convencao-quadr.... Acesso em: 19 fev. 2024.

Fonte: https://olajornal.com.br/o-brasil-perde-ao-participar-da-convencao-quadro-aponta-presidente-do-novo-stifa/

 

29/03/2022

A Afubra aponta acréscimo no nível da safra de tabaco comercializado em 2022 no comparativo com o ano anterior.

Fonte: https://www.gaz.com.br/santa-cruz-ja-vendeu-quase-metade-do-total-da-producao-de-tabaco/#.YkUEYIPwlME.whatsapp

 

09/07/2021

A Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo realizou uma audiência pública no auditório da Expoagro Afubra, Rincão Del Rey, em Rio Pardo, com o objetivo de debater a posição do Brasil na 6ª Conferência (COP 6) da Convenção Quadro para o controle do tabaco, que correrá no mês de outubro em Moscou. A audiência pública foi conjunta com a Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados.

Referência

ELABORADO documento para a 6ª Conferência da Convenção Quadro para o controle do tabaco.  Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, Rio Grande do Sul, [201?]. Disponível em: https://al-rs.jusbrasil.com.br/noticias/118686611/elaborado-documento-pa.... Acesso em: 9 jul. 2021.

 

28/05/2021

Com o objetivo de uma maior aproximação com o trabalhador, a indústria e a sociedade, tomou posse na última terça-feira, 25, a nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Fumo e Alimentação de Santa Cruz do Sul (Stifa). Nessa quarta, o novo presidente, Gualter Baptista Júnior, falou à imprensa sobre as propostas e os desafios da nova gestão da entidade, que tem 72 anos de atuação. A eleição foi realizada em dezembro de 2020. O período até a posse formal foi de trabalho para a transição da gestão. Baptista Júnior assume a direção do sindicato depois de 25 anos de uma mesma administração.

Referência

NOVA gestão do Stifa quer ficar mais próxima do trabalhador. Gazeta do Sul, Rio Grande do Sul, 28 mai 2021. Disponível em: https://www.gaz.com.br/nova-gestao-do-stifa-quer-ficar-mais-proxima-do-t.... Acesso em: 17 jun 2024.

Fonte: https://www.gaz.com.br/nova-gestao-do-stifa-quer-ficar-mais-proxima-do-trabalhador/#.YLDUp_5OvBQ.whatsapp

 

27/05/2021

Com o objetivo de uma maior aproximação com o trabalhador, a indústria e a sociedade, tomou posse na última terça-feira, 25, a nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Fumo e Alimentação de Santa Cruz do Sul (Stifa). Nessa quarta, o novo presidente, Gualter Baptista Júnior, falou à imprensa sobre as propostas e os desafios da nova gestão da entidade, que tem 72 anos de atuação. A eleição foi realizada em dezembro de 2020. O período até a posse formal foi de trabalho para a transição da gestão. Baptista Júnior assume a direção do sindicato depois de 25 anos de uma mesma administração.

Gualter Baptista Júnior, 57 anos, é natural do Rio de Janeiro (RJ). É bacharel em Ciências Econômicas, mestre em Administração e professor na Unisc, campus de Montenegro. É também presidente da Federação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias do Fumo e Afins (Fentifumo) e funcionário da BAT Brasil há 42 anos.

Referência

NOVA gestão do Stifa quer ficar mais próxima do trabalhador. Gazeta do Sul, Rio Grande do Sul, 27 mai 2021. Disponível em: https://www.gaz.com.br/nova-gestao-do-stifa-quer-ficar-mais-proxima-do-t.... Acesso em: 14 jun 2024.

Fonte: https://www.gaz.com.br/nova-gestao-do-stifa-quer-ficar-mais-proxima-do-trabalhador/#.YLDUp_5OvBQ.whatsapp

 

09/12/2020

Representantes da cadeia produtiva do tabaco rechaçam qualquer iniciativa que venha a elevar a carga tributária sobre o cigarro. O assunto foi tema de conferência virtual promovida pela Frente Parlamentar Mista da Agricultura Familiar. O deputado Heitor Schuch (PSB-RS), presidente da frente parlamentar, ressaltou que uma reforma tributária é necessária, mas sem carga maior. O deputado Marcelo Moraes (PTB-RS), que participou do evento, disse que medidas hoje em análise prejudicam o segmento. Representante da fabricante de cigarros Souza Cruz, o gerente sênior de Relações Governamentais Lauro Anhezini Júnior destacou que o Projeto de Lei 3887/20, do Poder Executivo, aumenta a tributação sobre o produto e pode estimular o contrabando.

 

Referência

SETOR de tabaco rejeita iniciativas que aumentem a tributação sobre cigarros. Câmara dos Deputados, Brasília, 16 set. 2020. Disponível em: https://www.camara.leg.br/noticias/693157-SETOR-DE-TABACO-REJEITA-INICIA.... Acesso em: 9 dez. 2020.

 

17/09/2020

Se a reforma tributária em debate no Congresso Nacional for aprovada sem mudanças, o contrabando de cigarros no Brasil deve aumentar de 57% para até 90% do mercado nacional. O alerta foi feito pelo presidente da Câmara Setorial do Tabaco e diretor da Afubra, Romeu Schneider, durnte reunião virtual promovida pela Frente Parlamentar da Agricultura Familiar (FPAF), nesta quarta-feira 16.

Articulador do debate, o presidente da FPAF, deputado Heitor Schuch (PSB/RS) manifestou preocupação com o Projeto de Lei 3.887/2020, enviado à Câmara, e com as consequências do aumento de impostos em toda a cadeia produtiva do tabaco. “Vai favorecer o comércio ilegal, reduzir a arrecadação e o número de postos de trabalho e, consequentemente, atingir a produção e o fumicultor”, criticou Schuch.

Fonte: https://agroemdia.com.br/2020/09/17/reforma-tributaria-ameaca-setor-fumageiro-e-favorece-contrabando/

 

11/09/2020

Frente Parlamentar da Agricultura Familiar (FPAF) promove conferência virtual com representantes da cadeia produtiva do tabaco para debater os reflexos da proposta de reforma tributária apresentada pelo governo federal. O texto, enviado à Câmara dos Deputados,  inclui alterações na legislação que afetam diretamente o setor fumageiro, com o aumento dos tributos sobre a comercialização e produção do produto e derivados no país. 

Referência

CONFERÊNCIA vai debater impactos da reforma tributária federal na cadeia produtiva do tabaco. Olá Jornal, 11 set 2020. Disponível em: http://olajornal.com.br/conferencia-vai-debater-impactos-da-reforma-trib.... Acesso em: 17 jun 2024.

Fonte: http://olajornal.com.br/conferencia-vai-debater-impactos-da-reforma-tributaria-federal-na-cadeia-produtiva-do-tabaco/