Portal ENSP - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca Portal FIOCRUZ - Fundação Oswaldo Cruz
Início / Biblioteca / Imprensa

Imprensa

01/09/2022

O Ministério da Justiça determinou, nesta quinta-feira (1º), que 33 empresas suspendam a venda de cigarros eletrônicos, sob pena de pagarem multa diária de R$ 5 mil. A decisão foi publicada no "Diário Oficial da União" (DOU). Como justificativa da ação, o Ministério argumentou que "os cigarros eletrônicos são comercializados livremente, por diferentes tipos de empreendimentos, como lojas, tabacarias e páginas na internet, apesar de serem ilegais".

Referência

MINISTÉRIO da Justiça determina que 33 empresas deixem de vender cigarros eletrônicos: A decisão foi publicada no 'Diário Oficial da União'. Multa diária é de R$ 5 mil. G1, [s.l.], 1 set. 2022. Disponível em: https://g1.globo.com/economia/noticia/2022/09/01/ministerio-da-justica-c.... Acesso em: 14 set. 2022.

 

29/08/2022

Em Novembro de 2020 foi realizado o II Seminário Internacional sobre tabaco e Redução de Danos (RD), de forma virtual em razão da pandemia do COVID19. Promovido pelo IPADS – Instituto de Pesquisa e Apoio ao Desenvolvimento Social – e a Faculdade São Leopoldo Mandic, em parceria com o Centro de Convivência É de Lei, o canal de Youtube Vapor Aqui, e com o apoio Philip Morris Brasil e da ABRAMD – Associação Brasileira Multidisciplinar de Estudos Sobre Drogas, o evento contou com centenas de participantes, nas duas noites em que o encontro aconteceu. Palestrantes nacionais e internacionais discorreram sobre vários temas como: substituição do cigarro pelos vaporizadores; o desafio do trabalho com populações vulneráveis; o uso de cigarros eletrônicos no acompanhamento de pacientes de um pneumologista; a importância de se regulamentar práticas de saúde pública em vez de proibir estratégias alternativas; a importância da redução de danos, com uma abordagem pragmática, que dá mais poder às pessoas para tomarem melhores decisões próprias; discussões proibidas em pleno século XXI; as restrições de agencias governamentais na apreciação da abordagem da Redução de Danos para o cigarro.

Referência

II SEMINÁRIO Internacional Sobre Tabaco e Redução de Danos – Parte 2 de 2. Direta, São Paulo, 20 jun. 2021. Disponível em: https://www.direta.org/ii-seminario-internacional-sobre-tabaco-e-reducao.... Acesso em: 29 ago. 2022.

 

29/08/2022

"Você pode estar se perguntando como é possível que o Brasil não saiba quantos fumantes existem no País, uma informação crucial e absolutamente necessária em termos de saúde pública. A primeira vista isso parece completamente irreal já que o Governo e principalmente organizações de saúde como o INCA, FioCruz, Associação Médica Brasileira, ACT Promoção Saúde e muitas outras contam vantagem e elogiam a política anti-tabagismo brasileira, reconhecida no exterior e que mostra resultados excelentes nas últimas décadas por conta da queda da prevalência de fumantes. De acordo com dados oficiais, o número de fumantes brasileiros conforme informa o site do INCA (Instituto Nacional de Câncer) caiu de 34,8% em 1989 para 12,6% em 2019. Desde 2006 a Vigitel (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico) é o órgão nacional do Ministério da Saúde responsável pelo monitoramento telefônico destes índices e em 2019 indica um percentual total de fumantes de 9.8%...."

Referência

NÃO sabemos quantos fumantes existem no Brasil. VaporAqui.net, [s.l.], 15 jul. 2021. Disponível em: https://www.vaporaqui.net/nao-sabemos-quantos-fumantes-existem-no-brasil/. Acesso em: 29 ago. 2022.

 

29/08/2022

"Para conhecer a guerra travada no Brasil em torno dos cigarros eletrônicos, primeiro precisamos entender o que está acontecendo na ANVISA e quando dizemos “precisamos” é porque nós também não temos todas as respostas, pois as coisas andam muito estranhas por lá. A regulamentação dos cigarros eletrônicos é atualmente definida pela RDC 46/2009 que proibiu o comércio, importação e propaganda dos produtos. É importante salientar que a posse e o uso nunca foram proibidos. Passados mais de 13 anos, já podemos concluir que a proibição não funcionou, pois se formou um grande comércio ilegal que oferece produtos sem qualquer vigilância sanitária, garantia de procedência ou controle de qualidade, com produtos vendidos em baladas, shows, bares, restaurantes e até em postos de gasolina da Petrobrás..."

Referência

LUCIAN, Alexandro Hazard. Muito JOIO, pouco TRIGO, entenda a guerra contra os cigarros eletrônicos no Brasil. Vaporaqui.net, [s.l.], 6 jul. 2022. Disponível em: https://www.vaporaqui.net/muito-joio-pouco-trigo-entenda-a-guerra-contra-os-cigarros-eletronicos-no-brasil/. Acesso em: 29 ago. 2022.

 

29/08/2022

Um grupo pró-vaping diz que quer salvar sua vida. Cigarros, eles nos lembram, podem matar você. Mas os fumantes podem se surpreender com quem está por trás dessa mensagem. “A World Vapers’ Alliance amplifica a voz de vapers apaixonados em todo o mundo e os capacita a fazer a diferença em suas comunidades”, diz a página inicial da WVA, cujo logotipo é pastiche revolucionário – um punho esquerdo apertando uma caneta vape. “Volta a vaporizar. Acabe com o fumo”, pede a página. Quanto às pessoas que querem que você faça a troca, o site diz que sua aliança “inclui grupos que representam vapers – nossos parceiros – bem como vapers individuais de todo o mundo”. E embora a WVA forneça uma lista desses parceiros, falta um nome importante: a maior empresa de tabaco do mundo. De acordo com fontes e documentos internos, a British American Tobacco desempenhou um papel central e prático na orquestração, direção e financiamento da World Vapers' Alliance - um grupo de lobby aparentemente de base projetado para recrutar defensores pró-vaping em todo o mundo sob uma política anti-vaping. - disfarce de fumar.

Referência

ADIVINHA quem está secretamente apoiando este grupo de vaporizadores 'antifumo' [texto integral em inglês]. Daily Beast, Estados Unidos, 8 ja. 2022. Disponível em: https://www.thedailybeast.com/world-vapers-alliance-slams-cigarettes-big.... Acesso em: 29 ago. 2022.

 

29/08/2022

Quarta e última palestra na sequência de Webinários oferecidos pela DIRETA no projeto DIRETA DEBATE tratando de assuntos de interesse de saúde pública. Os eventos ocorrerão em plataforma própria cujo cadastro antecipado se faz necessário, bastando realizar um único registro para garantir participação nos 4 dias, sendo realizados em 11/03, 18/03, 25/03 e 01/04, todos das 14h às 15h.

 

Referência

DIRETA debate – Palestra 4/4 – Especialistas discutem os danos dos cigarros eletrônicos. Direta.org, São Paulo, 18 abr. 2022. Disponível em: https://www.direta.org/direta-debate-palestra-4-4-especialistas-discutem.... Acesso em: 29 ago. 2022.

 

29/08/2022

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o tabagismo é reconhecido como uma doença crônica causada pela dependência à nicotina presente nos produtos à base de tabaco. Mais do que isso, ele integra o grupo de transtornos mentais e comportamentais, uma vez que a nicotina é uma substância psicoativa. A Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta ainda que o tabaco mata mais de 8 milhões de pessoas por ano. Só no Brasil, são 161.853 mortes anuais atribuíveis ao uso de tabaco, o que representa 443 mortes por dia e leva o tabagismo a ser o terceiro fator de risco para anos de vida perdidos ajustados por incapacidade. Em outras palavras, é a maior causa evitável isolada de adoecimento e mortes precoces em todo o mundo. 

Referência

COMO está o percentual do uso de tabaco no Brasil? Ministério da saúde, Brasília, 20 set. 2021. Disponível em: https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-brasil/eu-quero-parar-de-f.... Acesso em: 29 ago. 2022.

 

25/08/2022

A pujança da produção do tabaco pode ser reconhecida pela grandiosidade dos seus números no Brasil. Com cerca de 128 mil famílias produtoras envolvidas e com faturamento de mais de R$ 9 bilhões na safra 2021/2022, a cultura emprega no campo mais de 600 mil pessoas e gera em torno de 2 milhões de empregos indiretos. O Rio Grande do Sul, que lidera o ranking brasileiro de produção com mais de 50% do total colhido, é também pioneiro em iniciativas que fazem da fumicultura uma das atividades agrícolas mais sustentáveis do Estado. E, no ranking das exportações gaúchas dos produtos primários, só fica atrás da soja.

Fonte: https://gauchazh.clicrbs.com.br/economia/campo-e-lavoura/conteudo-publicitario/2022/08/cadeia-produtiva-de-tabaco-e-exemplo-em-acoes-de-sustentabilidade-no-campo-cl783v8dk006g018fszko4gh7.html

 

25/08/2022

Na manhã desta quinta-feira, 25, a Polícia Federal, em ação conjunta com Receita Federal, deflagrou a operação EVALI, com finalidade combater contrabando e descaminho de cigarros eletrônicos e seus acessórios.

As investigações apontaram a comercialização ilegal de produtos de origem estrangeira, trazidos, principalmente, de Pedro Juan Caballero/Paraguai, através da malha rodoviária, até a cidade mato-grossense.

Fonte: https://jornaldebrasilia.com.br/noticias/brasil/pf-combate-contrabando-de-cigarros-eletronicos/

 

22/08/2022

Equipe da Vigilância Sanitária de Campo Grande realizou uma ação educativa no Camelódromo da cidade, em uma tentativa de inibir o comércio de cigarros eletrônicos, ilegais no Brasil. - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Fonte: https://www.campograndenews.com.br/cidades/capital/vigilancia-vai-ate-camelodromo-para-tentar-barrar-venda-de-cigarros-eletronicos

 

Páginas