Portal ENSP - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca Portal FIOCRUZ - Fundação Oswaldo Cruz
Início / Palavras Chave / Cigarro eletrônico

Cigarro eletrônico

19/12/2019

A era do cigarro eletrônico: ele faz menos mal para a saúde que o comum? A invasão dos cigarros eletrônicos reacende a discussão sobre como lidar com o tabagismo, sobretudo entre os mais jovens.

Referência

BERNARDO, André. A era do cigarro eletrônico: ele faz menos mal para a saúde que o comum? Veja Saúde, São Paulo, 19 dez. 2019. Disponível em: https://saude.abril.com.br/medicina/cigarro-eletronico-faz-menos-mal-para-a-saude-que-o-comum/. Acesso em: 19 mar. 2021.

 

05/09/2019

A misteriosa doença ligada ao cigarro eletrônico que está 'se tornando uma epidemia' e intriga médicos. Segundo os médicos, pacientes, em geral saudáveis e no fim da adolescência, por volta dos 20 anos, estão aparecendo com falta de ar severa, geralmente após sofrerem vários dias com vômitos, febre e fadiga. Alguns acabaram na unidade de terapia intensiva ou no aparelho de respiração mecânica por semanas.

Referência

KAPLAN, Sheila; RICHTEL, Matt. A misteriosa doença ligada ao cigarro eletrônico que está 'se tornando uma epidemia' e intriga médicos. O Globo, São Paulo, 5 set. 2019. Disponível em: https://oglobo.globo.com/sociedade/a-misteriosa-doenca-ligada-ao-cigarro-eletronico-que-esta-se-tornando-uma-epidemia-intriga-medicos-23929041?utm_source=WhatsApp&utm_medium=Social&utm_campaign=compartilhar Acesso em: 19 jun. 2020.

 

04/09/2019

o cardiologista Stanton Glantz afirmou que o governo brasileiro é um exemplo pelas políticas públicas que conduziu para desestimular o consumo de cigarros. Também alertou sobre as pressões atuais para a autorização da venda de cigarros eletrônicos. Neste momento, o assunto está em discussão na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Referência

CONTAIFER, Juliana. “Brasil é exemplo no combate ao fumo”, diz especialista internacional. Metrópoles, Brasília, 4 set. 2019. Disponível em: https://www.metropoles.com/saude/brasil-e-exemplo-no-combate-ao-fumo-diz-especialista-internacional . Acesso em: 29 jun. 2020.

 

12/08/2019

Fruto de uma parceria entre a Faculdade São Leopoldo Mandic e a o IPADS – Instituto de Pesquisa e Apoio ao Desenvolvimento Social -, foi realizado em Maio de 2019 o I Seminário Internacional de Políticas de Redução de Danos (RD). O resultado foi um vibrante encontro entre profissionais nacionais e internacionais e uma plateia ativa que discutiu a importância da abordagem da RD como estratégia de atendimento a dependentes químicos. Foi levantada também a importância de se incluir novas perspectivas ao cenário já estabelecido como, por exemplo, a inclusão desta estratégia às políticas públicas relacionadas ao tabagismo. Três temas estruturais foram abordados: Evidências clínicas na prática de RD; Marcos regulatórios para RD e tabaco e experiências internacionais sobre RD e tabaco.

Referência

SEMINÁRIO Internacional de Políticas de Redução de Danos. Direta, São Paulo, 20 jun. 2021. Disponível em: https://www.direta.org/seminario-internacional-de-politicas-de-reducao-d.... Acesso em: 29 ago. 2022.

 

25/07/2019

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realizou uma audiência pública para discutir a possível inserção de novos produtos de tabaco no mercado brasileiro, como os cigarros eletrônicos e dispositivos de tabaco aquecido. Esses produtos, considerados estratégicos para o futuro do setor, têm a venda proibida no Brasil.

Referência

 

25/07/2019

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) irá realizou uma audiência pública para discutir a possível inserção de novos produtos de tabaco no mercado brasileiro, como os cigarros eletrônicos e dispositivos de tabaco aquecido. Atualmente, esses produtos, considerados estratégicos para o futuro do setor, têm a venda proibida no Brasil.

Referência

SILVA, Cristiano. Setor se mobiliza pela inserção dos cigarros eletrônicos no mercado. Gaz, Rio Grande do Sul, 25 jul. 2019. Disponível em: http://www.gaz.com.br/conteudos/regional/2019/07/25/150605-setor_se_mobiliza_pela_insercao_dos_cigarros_eletronicos_no_mercado.html.php Acesso em: 24 jun. 2020.

 

07/03/2016

Notícia sobre a criação de um cigarro eletrônico "seguro". Além da divulgação do novo produto pela British American Tobacco, cientistas alegam que este cigarro é 95% mais seguro.

Referência

REILLY, Nicholas. Cientistas desenvolvem cigarros eletrônicos "seguro"com tabaco fresco. Metro, Reino Unido, 7 mar. 2016. Disponível em: https://metro.co.uk/2016/03/07/scientists-develop-safe-e-cigarette-with-.... Acesso em: 7 maio 2021.

 

01/01/2016

Publicação do INCA. Cigarros eletrônicos: o que sabemos?Cigarros Eletrônicos: o que sabemos? INCA, 2016.

Referência

 

Publicação THE UNION. Quando as proibições são eficazes: porque os países em desenvolvimento devem proibir as vendas de cigarros eletrônicos e produtos de tabaco aquecido para verdadeiramente combater o tabagismo. 2020.

Fonte: https://www.theunion.org/what-we-do/publications/technical/portuguese/TheUnion_TobaccoControl_E-CigPaper_Portugese_03.pdf

 

Site do Inca que descreve os tipos dedispositivos eletrônicos para fumar, seus malefícios e estudos recentes.

Referência

DISPOSITIVOS eletrônicos para fumar. INCA, Rio de Janeiro, 16 dez. 2019. Disponível em: https://www.inca.gov.br/campanhas/tabagismo/2019/dispositivos -eletronicos-para-fumar. Acesso em: 2 set. 2020.

 

Páginas