Portal ENSP - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca Portal FIOCRUZ - Fundação Oswaldo Cruz
Início / Palavras Chave / dispositivo eletrônico para fumar

dispositivo eletrônico para fumar

04/04/2019

Há uma nova geração de produtos de tabaco que está viciando uma nova geração de clientes, nossos filhos. Com um aumento de 78% no uso de cigarros eletrônicos em apenas um ano, o Cirurgião Geral declarou uma epidemia de uso de cigarros eletrônicos jovens. Assista a este vídeo para aprender como identificar Juul, Sourin e Pen Pal, produtos populares de cigarro eletrônico e vaping. Converse com seus filhos sobre o vício em nicotina e os produtos que eles estão usando para fumar sabores com infusão de nicotina.

Referência

TOBACCO FREE CA. Identify which products teens are vaping. Estados Unidos, 4 abr. 2019. 1 AVI (1 min.). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?time_continue=2&v=fjDP8rTktWw Acesso em: 24 jun. 2020.

 

04/12/2018

There's a new generation of tobacco products that's addicting a new generation of customers, our kids. With a surge of 78% in e-cigarette use in just one year, the Surgeon General has declared a youth e-cigarette use epidemic. Watch this video to learn how to identify Juul, Sourin and Pen Pal, popular e-cigarette and vaping products. Talk to your kids about nicotine addiction and products kids are using to vape nicotine infused flavors. To learn more about the epidemic and how to talk to your kids visit https://www.flavorshookkids.org/

 

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=fjDP8rTktWw&t=2s

 

29/11/2018

A Altria, dona da marca Marlboro, negocia a aquisição de uma parcela da startup de cigarros eletrônicos Juul Labs. Ainda em estágio inicial, a negociação tem impacto na indústria tabagista, em 1 momento onde o uso de vaporizadores da Juul cresce em ritmo acelerado –especialmente entre o público jovem.

Fonte: https://www.poder360.com.br/economia/empresa-dona-da-marlboro-negocia-aquisicao-de-startup-de-cigarros-eletronicos/

 

29/11/2018

A Altria, dona da marca Marlboro, negocia a aquisição de uma parcela da startup de cigarros eletrônicos Juul Labs. Estimativas indicam que o valor de mercado da Juul Labs pode chegar a US$ 16 bilhões. Os vaporizadores, em formato de pendrive, contêm 1 líquido com nicotina de sabores variados, como manga e pepino, e tornaram-se febre entre estudantes do ensino médio norte-americano.

Referência

EMPRESA dona da Marlboro negocia aquisição de startup de cigarros eletrônicos. Poder360, 29 nov. 2018. Disponível em: https://www.poder360.com.br/economia/empresa-dona-da-marlboro-negocia-aquisicao-de-startup-de-cigarros-eletronicos/ Acesso em: 29 jun. 2020.

 

27/09/2018

Falaremos sobre tabagismo e doenças não transmissíveis hoje na assembleia geral da ONU. O professor. Riccardo Polosa participará, em Nova York, da Terceira Assembleia Geral das Nações Unidas, instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para as doenças não transmissíveis. Uma oportunidade única para o diretor do CoEHAR (Centro Internacional de Pesquisa para a Redução de Danos pelo Tabagismo da Universidade de Catania), que falará como um membro autorizado da comunidade científica internacional para falar sobre políticas de saúde pública e soluções úteis para reduzir o impacto do tabagismo no mundo.

Referência

POLOSA à Assembleia Geral da ONU para falar sobre tabagismo (Polosa to the UN General Assembly to talk about smoking). AskaNews, Itália, 27 set. 2018. Disponível em: https://www.askanews.it/cronaca/2018/09/27/polosa-allassemblea-generale-.... Acesso em: 29 mar. 2021.

 

22/08/2018

O Coordenador de Comunicação Científica da Philip Morris, Nveed Chaudhary, esteve nesta última terça-feira, 22 de agosto, visitando a Faculdade São Leopoldo Mandic, em Campinas, ao lado de Rafael Bastos, representante da empresa no Brasil. O objetivo da visita foi conhecer a infraestrutura de laboratórios e o projeto pedagógico da Instituição e propor uma parceria para que a Faculdade possa auxiliar a Philip Morris nas pesquisas do projeto de Redução de Danos à Saúde.

Referência

COORDENADOR de Comunicação Científica da Philip Morris visita SLMANDIC. São Leopoldo Mandic, São Paulo, [s.l.], Disponível em: https://www.slmandic.edu.br/2017/08/coordenador-de-comunicacao-cientific.... Acesso em: 7 maio 2021.

 

24/03/2018

O ano é de comemorações, mas também de desafios para o setor do tabaco, garantiu o presidente da Souza Cruz, Liel Miranda, durante coletiva de imprensa concedida nesta semana, em Santa Cruz do Sul. Em visita à região para acompanhar a programação da Expoagro Afubra, o executivo da maior exportadora de tabaco do Brasil lembrou os 115 anos da empresa e os 100 anos do Sistema Integrado de Produção de Tabaco comemorados neste ano, bem como, os 40 anos da maior fábrica de cigarros da América Latina, sediada em Uberlândia.Mesmo com tantas datas importantes para celebrar, ao longo de toda a entrevista, Miranda não deixou de destacar que é tempo de “celebrar o passado e se preparar para o futuro.”De volta ao Brasil há um ano, depois de atuar na China, Inglaterra e Canadá e ter conhecido a produção de tabaco em muitos países, Miranda – que tem 25 anos de empresa – mostrou que é conhecedor de todo o processo produtivo e por diversas vezes ressaltou o papel e a importância do produtor de tabaco.

Referência

WACHOLZ, Leticia. “Estamos nos preparando para o futuro”, afirma presidente da Souza Cruz. Folha do Mate, Rio Grande do Sul, 24 mar. 2018. Disponível em: https://folhadomate.com/noticias/estamos-nos-preparando-para-o-futuro-af.... Acesso em: 19 mar. 2021.

 

 

 

 

28/02/2018

O artigo apresenta um balanço da política brasileira de controle do tabaco de 1986 a 2016, baseando-se em contribuições dos referenciais da economia política e da análise de políticas públicas. A institucionalização do controle do tabaco no país foi marcada por mudanças mais gerais da política de saúde e por eventos específicos relacionados ao tema. A liderança brasileira no cenário internacional, a sólida estruturação da Política Nacional de Controle do Tabaco e o papel da sociedade civil e dos meios de comunicação contribuíram para o sucesso do controle do tabaco no Brasil. No entanto, persistem desafios relacionados à diversificação de produção em áreas plantadas de fumo, ao comércio ilícito, à interferência da indústria do fumo e à sustentabilidade da Política. O estudo reforça a relevância de serem consideradas, na análise de políticas de saúde complexas, as relações entre contexto internacional e nacional e a articulação entre diferentes setores e atores governamentais e não governamentais. A continuidade e a consolidação da política de controle do tabaco dependem da persistência de um marco institucional amplo que norteie a atuação do Estado na proteção social, consoante com as diretrizes do Sistema Único de Saúde.

Referência

PORTES, Leonardo Henriques Portes; MACHADO, Cristiani Vieira; TURCI, Silvana Rubano Barretto. A Política de Controle do Tabaco no Brasil: um balanço de 30 anos. Ciências e Saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 23, n. 6, p.,1837-1848, 2018. Saúde  Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csc/v23n6/1413-8123-csc-23-06-1837.pdf. Acesso em: 29 mar. 2021.

 

11/01/2018

Since e-cigarettes appeared in the mid-2000s, some practitioners, researchers, and policy makers have embraced them as a safer alternative to conventional cigarettes and an effective way to stop smoking. While e-cigarettes deliver lower levels of carcinogens than do conventional cigarettes, they still expose users to high levels of ultrafine particles and other toxins that may substantially increase cardiovascular and noncancer lung disease risks, which account for more than half of all smoking-caused deaths, at rates similar to conventional cigarettes. Moreover, rather than stimulating smokers to switch from conventional cigarettes to less dangerous e-cigarettes or quitting altogether, e-cigarettes are reducing smoking cessation rates and expanding the nicotine market by attracting youth.

Referência

GLANTZ, Stanton; BAREHAM, David. E-Cigarettes: Use, Effects on Smoking, Risks, and Policy Implications. Annual Review of Public Health, Estados Unidos, v. 39, p. 215-235, 2018. Disponível em: https://www.annualreviews.org/doi/10.1146/annurev-publhealth-040617-013757. Acesso em: 7 abr. 2021.

Fonte: https://www.annualreviews.org/doi/10.1146/annurev-publhealth-040617-013757

 

01/11/2017

A Central Analítica Pe. Leopoldo Hainberger S.J. do Departamento de Química, pertencente ao Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio), promove no dia 1º de novembro, no auditório do Decanato do CTC, o seminário “Produtos de tabaco de nova geração: o que diz a ciência?”, das 8h30 às 16h, para abordar questões químicas e médicas referentes ao uso do cigarro eletrônico. Aberto ao público, com vagas limitadas e inscrições grátis no site — o evento tem como foco o fato da Agência de Vigilância Sanitária (ANVISA) ter incluído o subtema “Novos tipos de produtos fumígenos – Dispositivos eletrônicos para fumar”, em sua Agenda Regulatória 2017-2020, ainda em andamento.

Referência

PUC-RIO promove seminário grátis para discutir sobre o cigarro eletrônico. Puc-Rio, Rio de janeiro, 25 out. 2017. Disponível em: https://www.ctc.puc-rio.br/ctcpuc-rio-promove-seminario-gratis-para-disc.... Acesso em: 7 maio 2021.

 

Páginas