Portal ENSP - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca Portal FIOCRUZ - Fundação Oswaldo Cruz
Início / Palavras Chave / ANVISA

ANVISA

19/08/2021

A Anvisa informa que a Gerência-Geral de Registro e Fiscalização de Produtos Fumígenos, derivados ou não do Tabaco (GGTAB) está na fase final de elaboração do relatório de Análise de Impacto Regulatório (AIR) do processo de discussão dos dispositivos eletrônicos para fumar (DEFs), também conhecidos como cigarros eletrônicos, e-ciggy, e-cigar, e-cigarette, tabaco aquecido, dentre outros. Os DEFs são proibidos no Brasil desde a publicação da Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 46/2009

Fonte: https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/noticias-anvisa/2021/anvisa-informa-sobre-processo-regulatorio-de-cigarros-eletronicos

 

02/08/2021

Notícia que versa sobre o investimento da Philip Morris nos meios alternativos de fumo, em prol, segundo o discurso da indústria de tabaco citada, reduzir o consumo dos cigarros tradicionais e fornecer a migração para o consumo de fumos com redução de riscos.

Referência

SENA, Victor. Phillip Morris faz nova aposta para aprovar “cigarro do futuro” no Brasil. Exame, São Paulo, 23 mar. 2021. Disponível em: https://exame.com/negocios/phillip-morris-faz-nova-aposta-para-aprovar-c.... Acesso em: 2 ago. 2021.

 

11/11/2020

Mesmo a comercialização considerada ilegal, o cigarro eletrônico pode ser encontrado facilmente em pontos espalhados por Alagoas, situação que eleva a procura por esse tipo de vaporizador que – para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) - pode ser uma armadilha perigosa para a saúde dos usuários. Desde 2009 são proibidas a venda, a importação e a propaganda de dispositivos eletrônicos para fumar no Brasil, mas não há punição para quem faz uso do produto. 

Referência

CARVALHO, Regina. Mesmo proibido, cresce consumo de cigarro eletrônico: produto já pode ser facilmente encontrado em Maceió, por preços que variam de R$ 200 a R$ 400. Gazeta de Alagoas, Alagoas, 14 dez. 2019. Disponível em: https://d.gazetadealagoas.com.br/cidades/245054/mesmo-proibido-cresce-co.... Acesso em: 25 nov. 2020.

 

29/10/2020

fact sheets with the topics considered outstanding in order to promote debates and decision making in the scope of tobacco control. In this edition, the following points are presented: Bill approved by the Senate that expands the regulation of tobacco products; Centers for Disease Control and Prevention (CDC - USA) names disease caused by electronic cigarettes; the tobacco products industry encourages electronic cigarettes through a petition; the tobacco industry is already preparing to operate at COP 9.

Referência

KORNALEWSKI, Alex Medeiros; CARVALHO, Alexandre Octavio Ribeiro de; CARVALHO, Daniel da Costa e Silva de; BARATA, Danielle; LEONEL, Filipe; TURCI, Silvana Rubano. Destaques do Observatório sobre as Estratégias da Indústria do Tabaco. Cetab/Ensp/Fiocruz, Rio de Janeiro, jul. 2017. Acesso em: 13 jul. 2017.

 

29/10/2020

fact sheets with topics considered prominent in order to promote debates and decision-making in the field of tobacco control. In this issue, the following points are presented: Anvisa triggers alerts about electronic cigarettes; expert points out harms ocasioned by electronic smoking devices (DEF's); bill proposes new cigarette tax to offset harm it causes; Conicq's actions against tobacco are awarded by the UN.

Referência

KORNALEWSKI, Alex Medeiros; CARVALHO, Alexandre Octavio Ribeiro de; CARVALHO, Daniel da Costa e Silva de; BARATA, Danielle; LEONEL, Filipe; TURCI, Silvana Rubano. Destaques do Observatório sobre as Estratégias da Indústria do Tabaco. Cetab/Ensp/Fiocruz, Rio de Janeiro, ago. 2017. Acesso em: 13 jul. 2017. 

 

28/09/2020

A Japan Tobacco International (JTI) está autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a lançar um novo produto no mercado nacional, que será divulgado em breve. Com isso, a fábrica de cigarros, instalada em Santa Cruz do Sul e que completa dois anos em 26 de setembro, vai ampliar seu quadro de colaboradores. As novas vagas são de assistente para a produção do produto, cuja principal característica é ser o mais artesanal do portfólio da empresa.

Fonte: http://olajornal.com.br/jti-abre-50-vagas-em-santa-cruz-do-sul/?fbclid=IwAR2QHuhu4KfVxl4yV1DmDD8NvfekQ07yeX-9T1HACk9p1M6nQRI42aRc_Ck

 

05/08/2020

Em entrevista à Folha do Mate, o diretor de Assuntos Externos da Philip Morris Brasil (PMB), Fernando Vieira, disse que passar pelo crivo da FDA, uma das agências reguladoras mais importantes do mundo, é uma referência a ser considerada pelos brasileiros. “O Iqos é o primeiro e único produto eletrônico de nicotina a receber o reconhecimento da FDA de risco modificado”, observou.

Referência

 

02/05/2020

Base da economia do Vale do Rio Pardo, a cadeia produtiva do tabaco esteve no centro de diversas discussões nos últimos anos no Brasil. Esses debates, sempre complexos e extensos, costumam colocar em confronto as organizações antitabagistas e autoridades sanitárias com as lideranças políticas das regiões produtoras, os agentes da indústria e os representantes dos agricultores.

Referência

 

11/09/2019

O executivo escocês Grant O’Connell, chefe do departamento de pesquisas da gigante holandesa Fontem Ventures, subsidiária do grupo Imperial Brands, maior fabricante de cigarros eletrônicos no mundo, esteve no Brasil para tentar convencer as autoridades de que, para o bem da saúde pública, seus dispositivos precisam ser liberados para importação, produção e venda no mercado nacional.

Referência

FABRICANTES de cigarros eletrônicos preparam estreia no país. Estado de Minas, Minas gerais, 11 set. 2019. Disponível em: https://www.em.com.br/app/noticia/economia/2019/09/11/internas_economia,1084173/ fabricantes -de-cigarros-eletronicos-preparam-estreia-no-pais.shtml . Acesso em: 13 abr. 2020.

 

25/07/2019

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) irá realizou uma audiência pública para discutir a possível inserção de novos produtos de tabaco no mercado brasileiro, como os cigarros eletrônicos e dispositivos de tabaco aquecido. Atualmente, esses produtos, considerados estratégicos para o futuro do setor, têm a venda proibida no Brasil.

Referência

SILVA, Cristiano. Setor se mobiliza pela inserção dos cigarros eletrônicos no mercado. Gaz, Rio Grande do Sul, 25 jul. 2019. Disponível em: http://www.gaz.com.br/conteudos/regional/2019/07/25/150605-setor_se_mobiliza_pela_insercao_dos_cigarros_eletronicos_no_mercado.html.php Acesso em: 24 jun. 2020.

 

Páginas